Futebol -7 e Futebol -5 – Serie Jogos Olimpicos e Paralimpicos

O post dessa semana vai discutir uma das modalidades esportivas mais populares dos Jogos Paralímpicos: Futebol-5 and Futebol-7.

Esta modalidade tem duas divisões nos Jogos Paralímpicos o Futebol de cinco (Futebol-5), para atletas com deficiências visuais e Futebol de sete (Futebol-7), para atletas com paralisia cerebral. Basicamente, o futebol paraolímpico consiste das mesmas regras da FIFA, com modificações no campo de jogo, equipamento, numero de jogadores e algumas regras específicas.

Nos jogos Paralimpicos, o Futebol-5 foi introduzido como modalidade esportiva em Atenas, 2004. O campo é cercado com um muro de proteção, dessa forma não há lançamentos laterais, permitindo um jogo muito dinâmico. Uma partida tem a duração de 50 minutos, com 10 minutos de intervalo. A bola utilizada durante o jogo contém guizos, que fazem barulho conforme o movimento da bola. Todos os jogadores utilizam uma venda nos olhos, com o intuito de igualar as condições de jogo, com exceção do goleiro que auxilia o time na orientação dos jogadores.

Os Jogadores do Futebol-5 são classificados em três categorias considerando o nível de acuidade visual:

  • B1 – Totalmente ou quase totalmente cego; desde ausência de percepção luminosa até a percepção de luz, mas impossibilidade de reconhecer o formato de uma mão.
  • B2 – Visão parcial; pode reconhecer o formato de uma mão para uma acuidade visual de 2/60 ou um campo visual de menos do que 5 graus.
  • B3 – Visão parcial ou total; acuidade visual de 2/60 a 6/60 ou do campo visual de 5 a 20 graus.

Rules

Já Futebol-7 é uma adaptação do futebol para atletas com ataxia, hipertonia ou atetose – três tipos de disfunções que são mais comumente associadas a indivíduos com paralisia cerebral e/ou traumática. A primeira competição internacional do Futebol-7 foi realizada em 1978, sendo posteriormente incorporada aos Jogos Paralímpicos em 1984.

Cada time tem em campo durante toda a partida jogadores C5 ou C6, sendo que não é permitido ter mais de um jogador C8.  As partidas consistem em dois tempos de trinta minutos, com um intervalo de quinze minutos. Os Jogadores competindo no Futebol-7 são classificados em:

  • C5: Atletas com hipertonia em membros inferiores e em algum grau em ambos os membros superiores. Dificuldades na corrida, giros e parada do movimento.
  • C6: Atletas apresentam dificuldade de coordenação e equilíbrio em membros e tronco. Dificuldades em driblar com a bola durante corrida, aceleração e parada do movimento.
  • C7: Atletas hemiplégicos, movimentos como andar e correr assimétricos. Dificuldade de executar giro e equilíbrio no lado afetado.
  • C8: Atletas com déficit motor leve. Apresentam menores graus de limitação de atividade comparado aos jogadores descritos em qualquer uma das classes acima. Mínimo comprometimento na corrida ou controle da bola.

A literatura ainda é escassa na documentação de lesões e tratamentos no Futebol-5 e Futebol-7. A taxa de incidência de lesão para Futebol-5 é de cerca de  22,4 acidentes /1000 dias e no Futebol-7 cerca 10,4 acidentes/ 1000 dias. A região do corpo mais comumente afetada em ambos os esportes é extremidade inferior. Na lista de referencias deste post segue alguns links de artigos científicos sobre incidência de lesões nestas modalidades.

Ft. Gabriela Borin

Equipe Spalla

 

 

Referências:

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/26454234

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/25134748

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22972238

Videos: You tube

Foto: http://www.telegraph.co.uk/

Sobre o autor spallafisioterapia

Spalla Fisioterapia escreveu 78 matérias nesse site.

A SPALLA Fisioterapia é uma equipe com enfoque na área de ortopedia e traumatologia. Nosso objetivo é ser um ponto de referência em reabilitação. Queremos conduzir com precisão nossa missão de promotores de saúde e proporcionar o retorno de nossos pacientes a sua prática esportiva ou ao seu dia a dia no melhor equilíbrio possível.

Queremos seu comentário...