Fratura de mandíbula e Disfunção Temporomandibular

Tomografia Fratura de Mandibula

Em março deste ano pudemos ver um nocaute marcante no MMA sofrido pelo holandês Stefan Struve em luta do UFC Japão, golpe esse que acarretou em uma fratura completa da Mandíbula do lutador (Vejam a imagem). Estes golpes diretos na região da mandíbula podem levar a disfunções da articulação temporomandibular por origem traumática e a consequentes sinais e sintomas desta doença, tais como, cefaleias (dores de cabeça), otalgia (dores no ouvido), dor ao abrir ou fechar a boca, dor para mastigar alimentos duros, etc.

Vamos entender sobre esta disfunção:

A articulação temporomandibular (ATM) é uma articulação fundamental para a realização de vários movimentos funcionais, sendo ela a articulação mais utilizada do corpo humano, realizando um total de 1200 a 2000 movimentos diários. Em função desse excesso de uso, os componentes musculares, ósseos e cartilaginosos desta articulação poderão se deteriorar com o passar do tempo, gerando desequilíbrios funcionais e/ou alterações biomecânicas da ATM, podendo predispor ao aparecimento de Disfunções dessa articulação, denominada como Disfunção Temporomandibular (DTM). Tal disfunção é definida pela Academia Americana de Dor Orofacial como um termo coletivo que engloba um grande número de problemas clínicos, os quais afetam os músculos mastigatórios, a ATM e estruturas associadas. Trata-se de uma doença progressiva com uma evolução e piora dos sinais e sintomas geralmente lenta.

disfunção temporomandibularAs Disfunções Temporomandibulares ocorrem principalmente em adultos, tendo uma maior prevalência no sexo feminino e estão presentes em cerca de 40-70% da população em geral. Dentre os vários sintomas associados às DTMs, podemos destacar:

  • Dores na articulação;
  • Cefaleias;
  • Otalgia;
  • Ruídos articulares;
  • Crepitação;
  • Estalidos articulares;
  • Limitações do movimento da ATM (abrir/fechar a boca)
  • Dificuldade para mastigar e/ou deglutir.

A DTM é uma doença multifatorial, ou seja, diversas causas podem levar à este problema. Dentre elas, mal oclusão dentária, uso excessivo da articulação (ex.: mastigar demais alimentos duros ou mastigar com alterações posturais.

Quando passamos a observar esta disfunção e correlaciona-lá com esportes, encontramos atletas que sofrem desse problema e praticam esportes de contato direto com a região da mandíbula, como: lutadores de boxe, MMA, Kickboxe, Muay Thai, etc. E também encontramos atletas que sofrem dessa doença em outros esportes por terem alterações posturais, hábitos inadequados de ficar "apertando" os dentes devido ao estresse gerado em situações pré competições, alterações ou falhas dentárias que consequentemente irão levar à uma mal oclusão, dentre outras.

Fratura de MandibulaVocê que é atleta ou até mesmo você que é um amante da prática esportiva, no caso de possuir alguns destes sinais e sintomas, não fique parado deixando esta doença progredir, procure um profissional especializado para uma avaliação e um adequado tratamento. Pois trata-se de uma disfunção muitas vezes subestimada pela população em geral.

Fique ligado que em breve iremos postar uma matéria sobre como tratar a DTM.

Ft. Igor Phillip

Sobre o autor Igor Phillip

Igor Phillip escreveu 10 matérias nesse site.

Queremos seu comentário...