Fisioterapia na pré temporada do futebol

Janeiro é mês de pré temporada para a maioria dos clubes de futebol no Brasil e, após a definição dos elencos das equipes, com o vai e vem do mercado, entre em cena nos clubes os departamentos de saúde e fisiologia. O departamento médico de um clube pode ser decisivo em uma contratação se o atleta não apresentar as condições favoráveis de saúde ou que um determinado problema não possa ser resolvido até o início das competições. A avaliação da fisioterapia deve ser objetiva e não precisa ser extensa nem altamente tecnológica para ser efetiva e conclusiva. Para tanto, devem ser usados meio e testes que identifiquem possíveis fatores que predispõem as lesões mais comuns no futebol, como: entorses de tornozelo e joelho, lesão na musculatura adutora e pube, lesões musculares de membros inferiores e lombalgias.

Um fator importante, e que deve ser colocado em primeiro lugar na avaliação preventiva de pré temporada, é o histórico de lesões dos atletas, pois sabe-se que o número de lesões recorrentes no futebol, quando não tratadas adequadamente, é alto. A seguir é interessante uma análise postura estática do atleta. Quando esta é bem feita, pode-se notar detalhes que demonstram desequilíbrios ósteomusculares, os quais pode ser elucidados posteriormente por testes ortopédicos específicos.

Em relação a parte muscular, muito clubes optam pela tradicional (e custosa) Avaliação Isocinética, a qual é feita principalmente para comparação de ativação/trabalho/fadiga dos músculos anteriores e posteriores de coxa. Quando este método não estiver a disposição dos fisioterapeutas, uma alternativa um pouco trabalhosa, porém confiável, é o teste de carga máxima. Sendo interessante também estender este teste e compara a musculatura adutora com a abdutora.

Sendo assim, um roteiro objetivo e claro para avaliação fisioterapêutica na pré temporada de um atleta de futebol seria:

  • Identificação do atleta (categoria, posição, idade e membro dominante)
  • Histórico de lesões anteriores e tratamentos
  • Queixas atuais
  • Análise postural
  • Testes específicos (encurtamentos musculares, mobilidade de tornozelo e valgo dinâmico de joelhos)
  • Avaliação proprioceptiva de membros inferiores
  • Eficiência e consciência da musculatura estabilizadora do CORE
Não é raro um atleta omitir um relato sobre sua condição física ou queixas atuais durante a anamnese. Também, não é de se surpreender que quando a avaliação é bem criteriosa e bem conduzida, tal fato omitido vem a tona no transcorrer da avaliação. Nestes casos é preciso não julgar o atleta e procurar ganhar sua confiança, somente assim ele passará a cooperar fielmente e num futuro tratamento instituído. Afinal de contas, é sua saúde e seu desempenho que está em jogo.

Tendo em mãos os dados coletados é possível o fisioterapeuta fazer um estudo da condição ortopédica dos atletas. Se alguma anormalidade for detectada deve-se iniciar o tratamento prontamente, visando integrar este atleta o mais rápido possível os treinos de pré temporada. Por fim, o ideal é que à partir da conclusão das avaliação cada atleta seja encaminhado para um programa preventivo adequado ao longo da temporada, os quais podem ser:

  • individual (quando apenas um atleta apresenta uma determinada deficiência)
  • grupo selecionado (quando mais de um atleta apresenta uma determinada deficiência)
  • coletivo (programa preventivo amplo para atletas de futebol)


O trabalho de identificação precoce de fatores de risco nos atletas de futebol é de extrema importância, pois diminui o risco de lesões, direciona o programa de prevenção a ser implantado no grupo e minimiza o afastamento dos atletas de treinos e jogos. Cabe a cada profissional esquematizar a avaliação preventiva pré temporada em seu clube.

Ft. Fernando Cassiolato

Fotos: Oldcarey Soccer, Epitácio Pessoa AE, Nelson Perez.

Sobre o autor Fernando Cassiolato

Fernando Cassiolato escreveu 31 matérias nesse site.

Fisioterapeuta graduado pela USP, pós-graduado em Fisioterapia Esportiva pela CETE-UNIFESP e Acupuntura pelo IPES. Estuda Fisioterapia Esportiva Preventiva e atua na cidade de São José do Rio Preto.

One Reply to “Fisioterapia na pré temporada do futebol”

Queremos seu comentário...