Lesões na Copa Nº1: CASO ELANO

Olá pessoal!! Vamos tentar entender o caso Elano! Ele joga ou não??

As véspera das quartas de final da Copa do mundo o Departamento Médico de nossa nacional tem um grande problema. O jogador, que é peça chave no esquema de Dunga, sofreu uma pancada muito forte no jogo contra a Costa do Marfim, todos vimos ele saindo carregado de campo sem apoiar o membro direito no chão. E desde o evento segue em observação e tratamento.

A primeira impressão, após o evento traumático, seria natural pensar em uma fratura metafisária de tíbia, mas não! Aí vai uma dica: a tíbia fatalmente se fraturaria neste caso se o ponto de impacto fosse em sua face antero medial ou antero lateral, já os traumas em sua face anterior resultam quase sempre em EDEMA ÓSSEO!!! Claro que isso depende da magnitude da força de impacto. Ainda mais, o que salvou o nosso jogador de uma problema maior foi o fato de seu pé não estar fixo ao chão, o que possibilitou um movimento posterior do membro, dissipando um pouco de carga.

Edema Ósseo significa que algumas trabéculas (formações internas do osso) se romperam, formando um edema intramedular e consequente um processo inflamatório. No entanto, devido a uma vascularização pouco farta, o tratamento necessita de um maior tempo para consolidar, gerando uma angústia no paciente e dores principalmente ao impacto, aqui está a queixa de nosso jogador quando tentou correr no ultimo treino. Esta condição é diagnosticada com a Ressonância Nuclear Magnética, já que não há perda da continuidade óssea cortical e não sendo visível na radiografia comum.

TRATAMENTO: Infelizmente, dos recursos disponíveis na fisioterapia, nenhum pode atuar diretamente no foco do problema, mas muito se pode fazer para o jogador não perder a condição muscular e coordenação, bem como medidas analgésicas locais para alívio de dores e prevenção de complicações secundárias. Este é um problema que o próprio corpo do atleta resolve e para tanto o melhor remédio é a paciência e prudência. Por fim o jogador segue em tratamento, fisioterápico e medicamentoso (antinflamatórios). Em lesões pequenas, sua resolução pode demorar até três semanas. Logo, isto significaria o fim da Copa para Elano.

Atletas possuem maior resistência à dor e, por vezes, sua recuperação é mais rápida do que pessoas comuns. Vamos torcer para que este seja o seu caso!

Ft Fernando Cassiolato

Foto: Getty Images
Foto: AFP

Sobre o autor Fernando Cassiolato

Fernando Cassiolato escreveu 31 matérias nesse site.

Fisioterapeuta graduado pela USP, pós-graduado em Fisioterapia Esportiva pela CETE-UNIFESP e Acupuntura pelo IPES. Estuda Fisioterapia Esportiva Preventiva e atua na cidade de São José do Rio Preto.

7 Replies to “Lesões na Copa Nº1: CASO ELANO”

  1. Olha eu aqui de novo…. mas agora tenho o resultado da minha RM

    Menisco medial de morfologia, contornos, dimensoes e intensidade de sinal normais.
    Menisco Lateral de morfologia, contornos, dimensoes e intensidade de sinal normais. exceto por rotura radial na transição corpo e corno anterior.
    Ligamentos cruzados anterior e posterior de orientações e integridades mantidas.
    Ligamentos colaterais integros.
    Tendao do quadriceps e ligamento patelar de aspecto anatomico e intensidade de sinal normais.
    Discretas irregularidades e alteração do sinal da cartilagem articular patelar, inferindo condropatia incipiente.
    Discreta Hoffite
    Foco de padrão de edema osseo na porção anterior do plato tibial lateral.
    Demais estruturas osseas de morfologias habituais, contotnos regulares e intensidade de sinal normais
    Planos musculares sem evidencias de lesoes
    Ausencia de derrame articular

    O medico me passou fisioterapia apenas, ja fiz 35 mas ainda sinto dor quando agacho totalmente…. passei em outro medico e ele me informou que ia precisar retirar o menisco.. mas nao confie.. estou com uma consulta marcada pra retorno daki alguns dias..

    O que gostaria de saber é, se meu caso pode curar apenas com a fisioterapia, ou se é mais caso cirurgico mesmo… E qual a gravidade de minha lesao….
    Se eu fazer essa artrocopia vou poder surfar, jogar bola, fazer artes marciais?
    Obrigado

    raunywiks@hotmail.com

    1. Olá Rauny,

      Como vai? Você sofreu uma lesão em menisco medial, que é bem menos comum do que lesões no menisco medial. Normalmente o médico tenta um tratamento conservador e se não houver nenhum resultado dos sintomas após 3 meses de fisioterapia é possivel que a cirurgia seja indicada. De qualquer forma hoje em dia são raros os médicos que fazem a retirada completa do menisco. A técnica mais utilizada é a artroscopia para retirada apenas da parte lesionada do menisco. Se você é jovem e sempre praticou esporte e gostaria de continuar a praticar, procure o seu médico e pense na possibilidade de realizar a cirurgia. A recuperação é rápida e a fisioterapia não tem restrições (em casos de artroscopia e não de sutura). Normalmente em 2 meses você está apto a retornar às suas atividades esportivas.

      Boa sorte,

      Saudações,

      Equipe Spalla Fisioterapia

  2. Ola meu nome é Rauny tenho 25 anos, a cerca de uns 40 dias estava surfando e ao sair do mar, comecei a sentir um dor na parte de tras do joelho, passado uma semana a dor nao passou procurei o ortopedista que me pediu uma RM pensando que tinha lesionado o menisco do joelho esquerdo. O resultado da RM graças a deus nao tinha nada no menisco, mais o medico disse que estava com um EDEMA osseo no plato Tibial. Me receitou fisioterapia, e um remedio para tomar caso sentise dor..
    Ja fiz cinco sessoes, mais apenas com o TENS, e uma toalha quente, 15 minutos por dia. E o fisioterapeuta falow que a proxima sessao sera de exercicios..
    MInha duvida é o seguinte, meus movimentos estao normais, consigo fazer todos ateh alongamento, so doi um pouco quando agacho…
    como foi informado nesse artigo, que a fisioterapia nao adianta muito..
    Preciso relamente ir todo dia na fisio, apenas para isso ou posso parar…

    1. Olá Rauny, obrigado pelo seu contato. A fisioterapia, no seu caso, nos parece necessária sim, apesar de sabermos muito pouco sobre sua história. O caso que descrevemos (o que você leu aqui no site) trata-se de um trauma (pancada) na parte frontal do osso, não envolvendo qualquer articulação diretamente. Neste caso, uma vez que o edema se resolva, a dor cessa e o atleta volta a atividade normal. No seu caso o edema se apresenta no platô tibial, zona de contato com o fêmur e integrante da articulação do joelho. Não sabemos porque você desenvolveu esse edema (queda, pancada, movimento brusco com impacto articular?) e é justamente o papel do fisioterapeuta procurar esta causa e impedir que a biomecânica do seu joelho seja alterada. O surf exige muito da musculatura anterior da coxa e esta não trabalha corretamente sempre que há qualquer dor ou edema articular. Como o surfista permanece a maior parte do tempo em posição de semiflexão em cima da prancha, se os músculos não estiverem condicionados há um risco maior de ocorrer entorses e lesões ligamentares. Por isso, procure ajudar seu fisioterapeuta a encontrar a causa de seu problema. As vezes uma análise postural (estática e dinâmica, simulando seus movimentos na prancha) pode ser um caminho.

      Saudações
      Equipe Spalla Fisioterapia

      1. Ola obrigado pela resposta me ajudou muito, mas gostaria de saber o tempo para sarar esse tipo de lesao. ja fiz 25 sessões de fisioterapia, mas ainda sinto um pouco de dor em certos movimentos. Não sinto dor nenhuma nos exercicios que a fisio esta me passando. Mas ainda sinto dor ao me agachar totalmente…….
        quanto tempo sera que demora para melhorar? tem algo alem da fisioterapia que eu possa fazer para acelerar esse tratamento.

        1. Olá Rauny,

          As vezes sentir uma dor residual é comum. Essa dor pode sumir com o tempo, mas é dificil afirmar em quanto tempo isso ocorrerá. Você pode conversar diretamente com o seu fisioterapeuta para que ele faça uma nova avaliação e veja o que pode estar causando essa dor durante o agachamento. Com uma reavaliação o fisoterapeuta pode observar algo que antes, com a dor mais intensa, ele não conseguia testar.

          Saudações,

          Equipe Spalla Fisioterapia.

  3. Bem explicado, de fato os médicos da seleção pouco podem fazer para acelerar o retorno do Elano. Abraço.

Queremos seu comentário...