Badminton – Série Jogos Olímpicos e Paralímpicos

Badminton 1O badminton se tornou um esporte de demonstração nos Jogos Olímpicos realizado em Munique, 1972. A partir de 1992 nos jogos Olímpicos de Barcelona, o esporte foi oficialmente incluído no programa olímpico. Uma das particularidades desse esporte é o jogo de duplas mistas que foi introduzido em 1996 nos Jogos Olímpicos de Atlanta. A Federação Mundial de Badminton (BWF) estima que cerca de 150 milhões de pessoas praticam este esporte em todo o mundo e que mais de 2.000 jogadores participam em competições internacionais.  Embora a criação do badminton moderno é atribuída à Inglaterra, nos países asiáticos, especialmente China, Indonésia, Malásia e Coréia, este esporte se tornou muito popular. Entre 1992 e 2008, os países asiáticos ganharam 69 das 76 medalhas na competição de Badminton nos jogos olímpicos. A lista de classificação da Federação Mundial de badminton é utilizada para determinar a qualificação para os jogos olímpico.

Uma partida de badminton corresponde à melhor de três sets (21 pontos). O badminton olímpico consiste em cinco eventos – simples e duplas masculinas, simples e duplas femininas e duplas mistas. A quadra de badminton tem a medida de 6,1 m de largura e 13,4m de comprimento e a altura da rede é de 1.55m. Cada jogador utiliza uma raquete de cordas, semelhante a uma raquete de tênis. A peteca é composta de uma metade de bola redonda na parte inferior e uma pena como o material em torno do topo. As penas da peteca conferem um arrasto substancial, causando a peteca desacelerar significativamente com a distância. O jogador deve acertar a base da peteca para a correta trajetória, e o jogador deve atingi-la antes de tocar o solo, sendo necessária a combinação de força e técnica.

badminton 2

A taxa de lesão na prática de badminton relatada na literatura é de aproximadamente 1,6-2,9:1000 horas. O badminton requer movimentos explosivos de membros superiores, saltos e mudanças rápidas de direção. Cerca de 30% das lesões são traumáticas e 70% crônicas. A prática prolongada e o movimento repetitivo podem ocasionar lesões crônicas de sobrecarga, lesões dos membros superiores, tais como lesões dos músculos do manguito rotador. A lesão aguda mais comum relatada é a entorse de tornozelo e estiramento muscular. Os últimos estudos na A implementação de um programa de prevenção de lesão combinando alongamento, treinamento de força e outros aspectos especificamente para evitar lesões por sobrecarga, poderia reduzir o número de lesões dos jogadores de badminton. Confira dois artigos publicados recentemente sobre prevenção de lesões no badminton: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23470913 and http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27217933

Ft. Gabriela Borin

Equipe Spalla

 

Fonte: https://www.olympic.org/badminton-world-federation

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23470913 http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27217933

Foto 1: http://www.cnn.com/2012/11/29/worldsport/gallery/2012-sports-moments/

Foto 2: http://gallery.nen.gov.uk/image674314-.html

 

Sobre o autor spallafisioterapia

Spalla Fisioterapia escreveu 77 matérias nesse site.

A SPALLA Fisioterapia é uma equipe com enfoque na área de ortopedia e traumatologia. Nosso objetivo é ser um ponto de referência em reabilitação. Queremos conduzir com precisão nossa missão de promotores de saúde e proporcionar o retorno de nossos pacientes a sua prática esportiva ou ao seu dia a dia no melhor equilíbrio possível.

Queremos seu comentário...