Acidente Vascular Cerebral Isquemico no Esporte

No dia 30 de setembro a jogadora da Seleção Brasileira de Handebol, Daniela Piedade, sofreu um Acidente Vascular Cerebral Isquemico (AVCI) durante o aquecimento para a partida do clube que a atleta defende na Eslovênia. A atleta começou a sentir dificuldades para falar e se movimentar, e em seguida desmaiou. Segundo boletim médico divulgado pela CBHB a atleta foi atendida imediatamente pela equipe médica presente no local e encaminhada por ambulância ao hospital. Foram realizados exames de Tomografia Computadorizada sendo diagnosticado o “AVCI por um trombo na artéria cerebral média, acometendo uma pequena área do cérebro”, segundo a nota. A atleta se recupera bem e após 9 dias de internação, recebeu alta do hospital. Outros exames serão realizados para esclarecer as possíveis causas deste AVCI.

O AVC, popularmente conhecido como “derrame”, consiste na perda súbita da função cerebral em decorrência da interrupção do fluxo sanguíneo para o cérebro. Essa interrupçã do fluxo sanguíneo para o cérebro provoca morte de neurônios. Os efeitos deletérios de um AVC vão se correlacionar ao tamanho e área do cérebro. Cerca de 80% dos AVC são isquêmicos e 20% são hemorrágicos.

O AVC não é muito comum em atletas, porém na população em geral é bastante frequente. Os fatores que ocasiona o AVC em atletas não é ainda muito esclarecida. Alguns dos fatores que são relatados que podem ocasionar o AVC são:

  • Idade: O risco de AVC aumenta com o avançar da idade.
  • História familiar: O risco de acidente vascular cerebral pode ser maior se um pai ou irmão teve um AVC antes dos 65 anos.
  • Sexo: homens têm um maior risco do que mulheres que não atingiram a menopausa.
  • AVC prévio ou ataque isquêmico transitório.

ataque isquémico transitório (AIT) também é causado por uma interrupção temporária do fluxo sanguíneo para o cérebro. Os sintomas do AIT são semelhantes aos do AVC, excepto que os sintomas normalmente desaparecem dentro de alguns minutos. No entanto, AITs requerem atenção médica imediata, pois são um sinal de alerta importante

 Fatores passíveis de modificação:

  •       pressão alta;
  •      doença cardíaca ;
  •      tabagismo;
  •      diabetes;
  •      colesterol elevado;
  •      inatividade física;
  •      ingestão de álcool;
  •      estresse.

 

 

Outros fatores, como o uso de contraceptivos orais, ou terapia de reposição hormonal podem aumentar o risco de acidente vascular.

Sintomas e complicações

Os sintomas do AVC aparecem repentinamente, sendo os cinco sintomas principais:

  • paralisia repentina ou dormência da face, braço ou perna (normalmente em apenas um lado do corpo);
  • perda súbita da fala ou dificuldade para compreensão;
  • perda súbita da visão (muitas vezes em apenas um olho) ou visão dupla;
  • súbita tontura ou perda de equilíbrio ou coordenação;
  • dor de cabeça intensa e súbita, sem causa conhecida.

Ft. Gabriela Borin

Fonte: www.brasilhandebol.com.br

Sobre o autor spallafisioterapia

Spalla Fisioterapia escreveu 77 matérias nesse site.

A SPALLA Fisioterapia é uma equipe com enfoque na área de ortopedia e traumatologia. Nosso objetivo é ser um ponto de referência em reabilitação. Queremos conduzir com precisão nossa missão de promotores de saúde e proporcionar o retorno de nossos pacientes a sua prática esportiva ou ao seu dia a dia no melhor equilíbrio possível.

Queremos seu comentário...